Newsletter

Atualidade

Petição apresentada pela SPAIC à Assembleia da República para a reposição da comparticipação das vacinas antialérgicas reúne mais de 11 600 assinaturas
17 Jan. 2024
11 666 assinaturas foi o total de assinaturas recolhidas, até 6 de janeiro deste ano, na petição apresentada pela Sociedade Portuguesa de Alergologia e Imunologia Clínica (SPAIC) e que pretende que seja reposta a comparticipação do tratamento de imunoterapia específica com alergénios (vacinas ant ...
Respostas alérgicas a alimentos comuns podem aumentar significativamente o risco de morte cardiovascular
17 Jan. 2024

Um estudo realizado na University of Virginia Health System sugere que a sensibilidade a alergénios alimentares comuns, como lacticínios e amendoins, pode ser uma causa importante de doenças cardíacas e consequente risco aumentado de morte cardiovascular.

Fármaco utilizado para a alergia pode potenciar tratamento de cancro do pulmão
17 Jan. 2024
Foi identificada uma via alérgica que, ao ser bloqueada, pode desencadear imunidade antitumoral em modelos murinos com cancro do pulmão de não pequenas células. Paralelamente, num estudo em humanos, a combinação de imunoterapia com dupilumab, anticorpo monoclonal bloqueador do recetor de interleuci ...

Entrevistas

“Uma clara vitória do envolvimento dos nossos sócios com os parceiros das outras sociedades científicas”
Dr.ª Ana Morête

A 44.ª Reunião Anual da Sociedade Portuguesa de Alergologia e Imunoalergologia Clínica (SPAIC) recebeu 12 especialidades médicas para quatro dias de partilha de experiências e conhecimentos entre profissionais de diferentes áreas científicas. Em entrevista, a Dr.ª Ana Morête, presidente da SPAIC, destacou o sucesso deste encontro bem como a multidisciplinaridade e interação entre diferentes sociedades científica. Veja a entrevista.

Introduzir mais precocemente a terapêutica tripla tem vantagens
Prof. Doutor Manuel Branco Ferreira

Prof. Doutor Manuel Branco Ferreira, especialista em Imunoalergologia no Centro Hospitalar Universitário Lisboa Norte, trouxe a perspetiva da especialidade ao encontro intitulado “O pior doente do mundo: O doente asmático - abordagem multidisciplinar”. Durante a sessão, ficou claro que a associação tripla de mometasona/ indacaterol/ glocopirrónio “tem um papel essencial” no tratamento de formas graves da doença. Assista à entrevista.

Apoio

Medinfarrecordati.pngViatris