Atualidade

04 Out. 2022

O estudo prospetivo dinamarquês COPenhagen Prospective Studies on Asthma in Childhood (COPSAC) provou que a exposição pré-natal à poluição do ar ambiente estava associada a perturbações imunitárias que conferiam risco de rinite alérgica e asma. Estas descobertas sugerem potenciais mecanismos de exposição pré-natal à poluição do ar ambiente sobre o sistema imunitário em desenvolvimento.

04 Out. 2022

De acordo com um estudo recente, os doentes com pneumonia bacteriana e com alergias à penicilina têm um risco mais elevado de hospitalização, insuficiência respiratória aguda, entubação, internamento em cuidados intensivos e taxas de mortalidade.

04 Out. 2022

Em Portugal, mais de 700 mil portugueses têm asma e, destes, cerca de 43 % não a têm controlada. Além disto, 88 % dos doentes não controlados acreditam não o ser. A elevada tolerância aos sintomas, a baixa adesão ao tratamento, o manuseio incorreto do dispositivo inalador, o diagnóstico incorreto e a medicação desadequada podem explicar a falha no controlo. Neste sentido, a GSK apresenta o fluticasone furoate/vilanterol como solução para atingir o controlo superior da asma.

21 Set. 2022

Foi encontrado um risco superior de doenças alérgicas em bebés correlacionado tanto com dietas maternas pobres em hidratos de carbono e ricas proteínas e gorduras elevadas como em dietas maternas com excesso de hidratos de carbono e pobre em proteínas e gorduras.

21 Set. 2022

Um estudo internacional de fase III mostra, pela primeira vez, que o tratamento do eczema moderado a grave em bebés e crianças dos seis meses aos cinco anos com um anticorpo monoclonal, em vez de medicamentos imunossupressores, mostra que o medicamento foi altamente eficaz na redução dos sinais e sintomas.

21 Set. 2022

O Serviço de Imunoalergologia do Centro Hospitalar Universitário Lisboa Norte (CHULN) foi recentemente acreditado pelo Global Allergy and Asthma European Network (GA2LEN) em dois centros de referência e excelência internacionais.

07 Set. 2022

O Urticária Day 2022 assinala-se a 1 de outubro e apoiado pela Urticaria Network EV, rede UCARE e outras organizações mundiais. Este dia pretende aumentar a consciencialização sobre a urticária, melhorar a vida dos doentes e promover a coesão entre profissionais, comunicação social e população. 

07 Set. 2022

“Immunoallergic disorders in the elderly” é o título do artigo recentemente publicado no European Annals of Allergy and Clinical Immunology, resultante de uma análise retrospetiva com dados de doentes com mais de 65 anos seguidos no Serviço de Imunoalergologia do Hospital Dona Estefânia, Centro Hospitalar Universitário Lisboa Central. Este estudo teve como objetivo centrar a atenção neste grupo específico de doentes e caracterizá-lo quanto às suas doenças imunoalérgicas, com o propósito de melhorar os cuidados que lhes são prestados e, globalmente, “contribuir para uma melhor compreensão das doenças alérgicas e do seu manejo nesta faixa etária com inúmeras especificidades”.

07 Set. 2022

“Caracterizar o estudo alergológico de doentes com suspeita de reações de hipersensibilidade a anticorpos monoclonais (mAbs)” foi o principal objetivo de um trabalho realizado por um grupo de investigadoras do Serviço de Imunoalergologia do Centro Hospitalar de Vila Nova de Gaia/Espinho, resultando num artigo publicado recentemente na Revista Portuguesa de Imunoalergologia da Sociedade Portuguesa de Alergologia e Imunologia Clínica (SPAIC).

24 Ago. 2022

Os Centros UCARE destinam-se ao diagnóstico e tratamento da urticária. Em Portugal, localizam-se no Serviço de Imunoalergologia do Hospital de Santa Maria e do Centro Hospitalar Vila Nova de Gaia/Espinho. Estes centros internacionais pertencem à Rede Europeia Global de Alergia e Asma, grupo dos principais centros de investigação europeus especializados em doenças alérgicas.

Apoio

Bial LetiPharma Medinfar Novartis

 

Recordati Viatris